Sombra e Água Fresca

Redes sociais

Um projeto da Igreja Metodista

Área exclusiva

Notícias

principal

Fé responsável

Evangélicos ocupam Palácio do Planalto por direitos de crianças e adolescentes Mobilizar e qualificar a ação de comunidades religiosas pelos direitos (humanos) das crianças e adolescentes é o objetivo do Movimento Paz & Proteção, União e Fé pelas Crianças e Adolescentes, que realizou oficina no dia seis de dezembro de 2013, no Palácio do Planalto, […]

Evangélicos ocupam Palácio do Planalto por direitos de crianças e adolescentes

Mobilizar e qualificar a ação de comunidades religiosas pelos direitos (humanos) das crianças e adolescentes é o objetivo do Movimento Paz & Proteção, União e Fé pelas Crianças e Adolescentes, que realizou oficina no dia seis de dezembro de 2013, no Palácio do Planalto, em Brasília/DF. Uma das participantes foi a leiga metodista e professora da Faculdade de Teologia, Magali do Nascimento Cunha.

Com promoção da Unicef, a oficina foi voltada para lideranças pentecostais e contou com a participação de cerca de 50 delas, representando 15 estados, atuantes em projetos de assistência e de garantia de direitos com crianças e adolescentes. O ministro Gilberto Carvalho ressaltou que ao contrário do que muitos apregoam, o Governo Federal não é inimigo das igrejas e que o evento é um retrato da disposição para o diálogo e a cooperação com vistas ao bem comum da população brasileira.

As lideranças participantes da Oficina do Movimento Fé e Proteção receberam orientações da equipe da Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal/Secretaria Nacional de Proteção dos Direitos das Crianças e Adolescentes quanto às prioridades assumidas em busca de paz e proteção para este segmento da população brasileira.

Uma delas é a Mobilização Nacional pela Certidão de Nascimento que afirma a certidão de nascimento e a documentação básica das crianças como um direito humano. Foram destacados ainda dois temas em relação à violência contra crianças e adolescentes: a campanha Proteja Brasil e a discussão sobre a redução da maioridade penal. A campanha de proteção à criança e adolescente, que prevê combate à exploração sexual e outras formas de violência como a do trabalho infantil, em especial durante os grandes eventos, como o Carnaval e a Copa do Mundo.

Foi afirmado entre os participantes que o tema da redução da maioridade penal é crucial em todo este contexto de paz e proteção e deve ser oposto pelas igrejas como testemunho de fé e misericórdia.

Saiba mais o encontro em Brasília no blog: midiareligiaopolitica.blogspot.com.br e conheça os detalhes do Movimento Fé & Proteção acessando: www.unicef.org/brazil.

Colaborou: Magali do Nascimento Cunha